Como calcular o custo por página no outsourcing de impressão?

4 minutos para ler

O outsourcing de impressão é um serviço de locação de equipamentos de impressão. Com ele você não precisa se preocupar com a reposição de toners ou com a manutenção das máquinas, já que tudo isso está incluído no valor pago mensalmente. Além disso, utilizar esse tipo de serviço ajuda em uma coisa essencial para a maioria das empresas: reduzir o custo por página impressa.

O cálculo do custo por página em um serviço de outsourcing de impressão é feito com base em um conceito conhecido como Custo Total de Propriedade (TCO), que determina todos os custos relacionados a aquisição e utilização do bem de um fornecedor. Entender esse cálculo é fundamental na hora de escolher o serviço que será contratado.

Diversos fatores influenciam o custo por página em um outsourcing de impressão. Neste post, você conhecerá os principais dele, podendo manter o controle sobre esse recurso na sua empresa com muito mais facilidade. Confira!

Tipo e quantidade de equipamentos

Quanto mais equipamentos instalados no seu parque de impressão, maiores serão os seus custos por página impressa, já que cada uma das máquinas terá o seu próprio seguro, manutenção, mão de obra de instalação, custos com a logística de entrega, entre outros detalhes.

Em contrapartida, equipamentos mais robustos, que utilizam toners de alta capacidade, costumam ter um custo por página impressas menor. Mesmo que sejam um pouco mais caros, são capazes de oferecer mais economia no dia a dia.

Volume de impressão

Claro que a escolha da quantidade e do porte dos equipamentos contratados depende da demanda de volume de impressão da sua empresa. Se você faz poucas impressões por mês, dispor de mais de um equipamento ou de uma máquina de alta capacidade, não fará muito sentido.

Formato do papel

Algumas empresas precisam de impressões em diferentes formatos de papel, como os A3, que são maiores e demandam um equipamento mais robusto. Ao levar em consideração essa característica, já se sabe que o custo por página tende crescer à medida que o tamanho do papel aumenta.

Tipo de impressão

Os tipos de impressão, preto e branco ou colorida, também devem ser levados em conta, assim como percentual de cobertura das páginas. Isso implica no consumo dos toners. Como o colorido costuma ser mais caro, as impressões em cores aumentam o custo por página.

Funcionalidade adicionais

Por fim, o nível de serviço também influencia o custo por página em um outsourcing de impressão, já que recursos como o equipamentos tecnológicos, gerenciamento de impressões, RFID, impressão móvel, baixo SLA que acarreta em mais técnicos e veículos em campo, entre outros, costuma tornar a prestação do serviço mais complexa, o que, certamente, impactará no custo por página.

Levando em conta todos esses fatores é possível definir o equipamento adequado para atender a demanda de impressão da sua da empresa e projetar o consumo de insumos, como o toner e o papel. Com esses valores em mãos, basta somá-los e dividir o resultado pela quantidade de impressões realizadas em um período determinado.

Quando se utiliza um serviço de outsourcing de impressão, sem dúvidas, que a economia dos recursos utilizados para essa finalidade já está acontecendo, porém, é preciso manter o controle para que não haja surpresas desagradáveis.

Saber como calcular o custo por página em um outsourcing de impressão é fundamental. Significa que você já deu o primeiro passo para encontrar meios de como economizar com impressões!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-